sexta-feira, 21 de novembro de 2008

À Grande Notável

Do ventre materno nasceram pessoas
Da alma mais pura, o maior sentimento

De um belo passado e lembranças boas

Nasceram histórias e conhecimento.


Pessoa completa cujo sangue determina

Real benefício que fora nos dado
Receber o afeto da mãe que fascina
Teu colo, que abriga, é iluminado.


Passado e presente de pura vitória

Esconde no peito uma alma de artista
Tua vida é luta terminada em glória.

Conhece o mundo, fora a escolhida
Privilegiada com seus mil encantos

Seja sempre assim: grande, notável, querida.